quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Escrita

Posso escrever. Você, a depender do grau de afinidade, se interessará pelo texto. Mas se ler, uma coisa é inegável, terá um sentimento de aceitação ou de repulsa. Essa, pra mim, é a magia de escrever. Imagine você, em sua casa, mudar o estado de espírito de outra pessoa, que pode estar do outro lado do planeta. Somos, a todo momento, com essa velocidade da informação, modificados e complementariados pelos outros. A palavra é uma arma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário